26 de fev de 2011

Lavar o cabelo menstruada faz mal à saúde? Desvende alguns mitos


É inegável que a experiência de vida de nossos pais e avós deve ser respeitada. Porém, muitas coisas que crescemos ouvindo são do tempo da escravidão. E será que elas têm fundamento?

Por exemplo: quando esprememos uma espinha, nasce outra no mesmo lugar? E lavar o cabelo quando a mulher está menstruada faz mal à saúde? Para esclarecer de vez essas e outras dúvidas, o Se Liga procurou três especialistas: a nutricionista Gabriela Pizzo Furini, a dermatologista Andrezza Camarinha e a clínica geral Huang Wei Ling. Confira.

Espremer espinha nasce mais no mesmo lugar: MITO
A espinha aparece por aumento de produção das glândulas sebáceas e um buraco pequeno na pele. É o acúmulo desse sebo que leva à formação de cravos, que crescem, inflamam e viram as espinhas. Nesta fase de inflamação há contaminação de bactérias. Portanto, se a espinha for espremida pode contaminar o dedo e espalhar bactérias. Mas, não é o espremer que faz surgir novas espinhas.

Cerveja dá barriga: DEPENDE
A cerveja fornece calorias que podem fazer você engordar e assim aumentar sua circunferência abdominal. Porém, não é comprovado que ela seja a única causadora desse efeito indesejado. Os aperitivos, salgadinhos, amendoins, pãezinhos com patês, que a acompanham ajudam bastante...

Sorvete dá dor de garganta: MITO
O sorvete ou qualquer bebida ou alimento gelado não causa dor de garganta. Na verdade, o alimento muito frio ou quente demais pode causar irritação quando já existe algum tipo de inflamação na região. Portanto, o sorvete não causa dor de garganta, mas irrita uma região com inflamação já existente.

Tomar vento ou abrir a geladeira depois do banho quente entorta o rosto: VERDADE
Segundo a fisiopatologia da medicina chinesa, pode ocorrer invasão no corpo de "frio e vento" que são alguns dos agentes causadores de paralisia facial periférica.

Suco de cenoura, laranja e beterraba ativa a cor da pele: VERDADE
Os carotenos (pigmentos orgânicos) contidos na cenoura, laranja e beterraba se depositam na pele, podendo ser observado principalmente nas palmas das mãos. Com a exposição ao sol, esse nutriente faz com que o bronzeado apareça mais rápido e seja mais duradouro. Outros exemplos de alimentos que são ricos em caroteno são as folhas verdes, mamão, abóbora, caqui.

Leite com manga faz mal: MITO
Criado na época da escravidão pelos senhores do engenho, para que os escravos não comessem as mangas e não bebessem leite, alimentos nobres e caros.

Lavar o cabelo menstruada faz mal: VERDADE
Neste período a mulher perde sangue, que é uma energia que a protege contra algum tipo de fator agressor, como vento, frio, etc... Quando ela lava o cabelo está mais propensa a ter mais "friagem" que é, na medicina chinesa, um dos fatores que podem dar início às doenças.

Nadar ou tomar banho após as refeições faz mal: DEPENDE
O bom é evitar, pois neste momento está ocorrendo o processo digestivo, onde muito do sangue que temos no corpo vai ao encontro do aparelho digestivo para absorver a comida que ingerimos. Com isso, os músculos acumulam menos sangue e ficam enfraquecidos, podendo causar algum problema na movimentação dos membros.

Comer banana antes de dormir dá pesadelo: MITO
Não existe nenhuma ligação da fruta com pesadelo. Quando se ingere uma quantidade excessiva de alimentos à noite e logo em seguida a pessoa vai dormir, o que pode acontecer é uma digestão mais lenta, seguida de queimação. Com esses sintomas, o sono pode ficar mais agitado e incômodo. Porém, a culpa não será da banana da sobremesa, e sim da grande quantidade de alimentos ingerida pouco antes de se deitar.

Comer couve menstruada: MITO
Não há nenhuma contra indicação para isso. Pelo contrário, a couve é rica em ferro, nutriente que é perdido durante a menstruação. Portanto, o consumo dela é recomendado para reposição desse nutriente, evitando até uma anemia ferropriva (baixa concentração de Fe no sangue).

Comer melancia antes de dormir faz mal: MITO
Não existe nenhuma restrição quanto a ingestão de melancia antes de dormir. Para algumas pessoas a fruta é indigesta, podendo causar desconforto, queimação e náusea.

Comer fruta antes de dormir engorda: MITO
Só engorda quando a pessoa consome mais calorias do que gasta durante o dia todo. Portanto, caso tenha extrapolado no almoço ou na sobremesa, a culpa dos quilinhos a mais não será da fruta consumida antes de dormir.

Pasta de dente melhora a espinha/ espinha é consequência de sujeira no sangue ou intestino preso: MITO
Não adianta tomar laxante e aqueles "depurativos" que não resolve. A acne é multi fatorial e tem tratamento - sendo importante avalição precoce com dermatologista para evitar sequelas e cicatrizes.

O sol tem uma atividade anti-inflamatória e seca a espinha - MITO
Sol em excesso aumenta a produção das glândulas sebáceas e piora a acne, além de poder fazer com que as lesões fiquem mais pigmentadas (manchadas).

Chá de camomila gelado acalma a pele: VERDADE
É um efeito suave, mas pode ser usado em compressa após um dia de sol, quando a pele está irritada por algum tratamento ou com um efeito bem leve para atenuar olheiras depois de uma noite mal dormida.

Não se guarda comida quente na geladeira: MITO
Existe uma Zona de Perigo dos alimentos, em que os microorganismos se desenvolvem, que é no intervalo de temperatuda de 4º a 60º por no máximo duas horas. Portanto, se esperarmos o alimento quente esfriar fora de acondicionamento além do tempo permitido, a pessoa que consumi-lo poderá ter uma intoxicação alimentar devido ao crescimento de microorganismos. A dica então é não deixar os alimentos fora de acondicionamento por muito tempo.

Cerveja preta aumenta a produção de leite materno: MITO
Pelo contrário. Foi comprovado cientificamente que é contra-indicado que mães que estão amamentando consumam bebida alcoólica devido a redução da produção de leite. Uma hipótese para esse mito é que antigamente as mulheres que consumiam bebidas com alto teor alcoólico eram mal vistas. Como a cerveja preta tem baixo teor, era tida como a bebida de mulheres decentes, ou seja, mães.

10 comentários:

RENATA GONÇALVES disse...

EU AMEI ESSE MITOS E VERDADES!

Ana Maria Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Maria Dias disse...

esse mito e verdade me ajudou muito, tirou minhas dúvidas AMEEI 😊😉

fernanda mazzucco disse...

a gente fica meia indecisa ao lavar a cabeça menstruada uns dizem nao ser ruim aq diz q é e agora oq faço?

Mayra Fonseca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mayra Fonseca disse...

Pode comer mamão menstruada ! Faz mal.

Mayra Fonseca disse...

Pode comer mamão menstruada ! Faz mal.

Mayra Fonseca disse...

Pode comer mamão menstruada ! Faz mal.

Unknown disse...

Então!Estou com 44 anos meu fluxo menstrual sempre foi muito pouco, são de 3 dias mas o que anda me preocupando de uns anos,é que qdo eu lavo o meu cabelo o fluxo diminui r em seguida me da muita dor de cabeça fui no gineco e comentei o fato, simplesmente ele rio na minha cara dizendo que isso não existi, aqui está relatado que é vdd e outros sites dizem que é mentira, até inclusive estou no posto para passar no gineco mais uma vez para relatar algumas dúvidas. Mas no próximo mês vou opta a não lavar o cabelo, mas continuo com dúvidas em relação isso...

paula disse...

Talvez quem diga que é mito o fato de não poder lavar a cabeça seja homem. Tenho 38 anos, e sofro com cólicas horrendas desde os meus 13 anos de idade. Falto 1x por mÊs ao trabalho, para ficar na minha cama gemendo de dor ou numa cadeira de hospital tomando soro na veia, se eu conseguir chegar até lá. Tomei pílula anticoncepcional por 15 anos e não tive mais tantas cólicas. Assim que parei de usar, voltou tudo novamente, ou seja, a pílula não tratou o meu corpo, só escondeu o problema que agora está cada vez mais dolorido. Um terapeuta me alertou sobre não lavar a cabeça durante o ciclo mestrual e nunca dei atenção. Como já tentei de um tudo e isso não passa, resolvi fazer. Surpresa!!! Após 3 meses fazendo isso, de 8 dias de fluxo intenso, mudou para 5 dias. O fluxo diminuiu 50% e as dores estão controladas, faz 4 meses que não falto mais ao trabalho. Mito?????? Os meus médicos alopatas não sabem o que dizer sobre isso, depois que através de exames descartamos a tal endometriose. Os médicos e cientistas estão há anos luz de entender do corpo feminino, infelizmente. Não sei como se isso é fundamental para a economia, já que cada vez mais somos trabalhadoras, executivas, dirigentes de empresas. Como podem não investir nisso? Esse planeta é atrasado em todos os sentidos.

Postar um comentário